A Educação Especial

Educação Especial         Altas Habilidades/Superdotação         Autismo        Deficiência Auditiva         Deficiência Física         Deficiência Intelectual         Deficiência Visua         

Problemas Cardíacos em Bebês com Síndrome de Down: Mito ou Realidade?

Aline Crociari      quarta-feira, 28 de junho de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

Problemas cardíacos em bebês com Síndrome de Down: seria isso mito ou uma realidade que deve ser enfrentada pelos familiares destas crianças?

A cada ano nascem pelo menos oito mil bebês com Síndrome de Down no Brasil.

Quais são os cuidados para o desenvolvimento positivo dessas crianças?

A maior preocupação da família é como será a aceitação dessas crianças na sociedade.

Algo importante a ser destacado, é que 50% das crianças com Síndrome de Down nascem com problemas cardíacos.

Para explicar como ocorre este problema cardíaco ocasionado nos bebês com Síndrome de Down, podemos comparar o coração a uma bomba que impulsiona o sangue para todas as partes do corpo humano.

O coração possui quatro divisões, separadas por “paredes” que são chamadas de “septos”.

Os “septos” são importantes, porque eles possuem a função de separar o sangue que circulou pelo organismo e precisa ser oxigenado pelos pulmões, do sangue que já foi oxigenado para ser distribuído no corpo todo.

A formação de “buracos” nestas “paredes” mistura o sangue dos dois lados, ocasionando um problema que coloca a vida em risco; algo comum, nas crianças com Síndrome de Down.

Dependendo do caso, a cirurgia se faz necessária antes dos seis meses de idade. Porém, se o problema cardíaco for parcial, essas crianças são operadas em idade escolar entre 04 a 06 anos.

Entre os meninos que nascem com a Síndrome de Down, este tipo de má formação cardíaca é duas vezes mais frequente.

Logo após o nascimento, é fundamental realizar exames clínicos diversos para avaliar a saúde geral do bebê.

Nesse momento, inicia-se para os familiares, um trabalho de aceitação, envolvimento e paciência; porém, o RESULTADO sempre é POSITIVO.

O trabalho de estimulação precoce é determinante para o futuro de quem nasce com Síndrome de Down.

Problemas Cardíacos

Você gostou deste artigo? Então, não esqueça de deixar seu comentário! Sua opinião é muito importante!

Comentários

Educação Especial
Educação Especial é o foco. Aline Crociari é Pedagoga Habilitada em Deficiência Intelectual, Especialista em Educação e Reabilitação de Surdos, Psicopedagoga Institucional.
Mestre em Educação Escolar, há mais de 15 anos trabalhando ,com Educação Especial, cria o site  "A Educação Especial" buscando disseminar conhecimentos sobre o tema, sempre em perspectiva inclusiva.

 

Alavancagem Da Superação

Apenas Para Professores Que:

- Gostam De Sua Disciplina;

- Entendem A Internet Como Novas Possibilidades;

- Queiram Unir Conhecimento Com Tecnologia e

- Superar A Crise.

(Mesmo Que Não Saiba Nada De Internet);

Quer saber mais? Clique Aqui!